4 de nov de 2009

Amigos Perdidos [Parte 2]

[Continuação]O mais dificil de tentar ir levando essas amizades por muito tempo, é porque as pessoas mudam muito (dos 6 aos 16 intaaao!! hahah, amem!). Sabe aquelas melhores melhores mesmo? Que não se desgruda um segundo? Foi assim. Mas com o tempo, fomos seguindo caminhos totalmente diferentes. Ela passou a se importar com estudos e compromissos, não futilidade, essas coisas [o que é muito dificil para alguem de 11 anos!], além de ter ficado mais tímida. E eu, que sempre fui extrovertida, arrumei outras amizades, que confesso, não tinha nada a ver com ela. Além disso, fui arranjando meu jeito mais largado, relaxado, irresponsavel [no bom sentido!], enfim, uma totalmente contrário da outra. Aí já era né. Uns quatro anos depois, voltamos a ser amigas. Não tanto quanto antes, mas nos dávamos muito bem. Mas ela não era a mesma [aposto que eu tambem não, mas vá lá]. Tinha virado uma pessoa amarga, e vivia dando aquelas tiradas colossais. Dali a um ano juntaram mais umas coisas aí, aí que acabou mesmo. Sei que hoje ela leva uma vida mais relaxada [amem, se continuasse, era capaz de morrer cedo], e acho que nos daríamos muito melhor. Mas sei o tipo de imagem que ela tem de mim. Uma pessoa que parece uma coisa mais é outra, poser, maria-vai-com-as-outras, sem compromisso, irresponsavel, e o principal, ela deve me achar faalsa, muuuito falsa!
Apesar de tudo isso, não faria nada para voltar a amizade com nenhuma delas, sei que as coisas passam, e algumas delas acontecem na hora certa! Odeio quem, depois de terminar uma amizade, sai falando mal, desmerecendo todas as vezes que essa pessoa te ajudou, todas as risadas, os segredos, todos os momentos especiais que nenhuma outra pessoa poderia te dar naquela hora. Valorizo todas elas, como pessoas, como ex-amigas, como lembranças de momentos especiais para mim, não importa como acabaram, e desejo o melhor para elas.


^^

Nenhum comentário: