7 de out de 2010

Coisas do passado.

Incrível as coisas que a gentelembra do nada né? Mesmo de coisas que não foram há muito tempo, de passados distantes. Pra quem não me conhece há muito tempo, sabe que só fiquei do jeito que eu sou com uns 13 anos. (é sempre 13 né?).
Antes disso, eu era a menina mais docinha do mundo. Eis que com uns recém cumpridos 12 anos (e não, eu não era bv), eu estava muuito próxima da minha paixão de infância. Não, não era nada demais, mas eu não me importaria se rolasse alguma coisa (risos hahah). Enfim, a gente tava lá numa festinha, andando só de mão dada a noite toda, mas nao rolou mais nada. Uns dias depois, contei pra minha mãe, tava mó feliz e panz.
Eis que o menino deixou de falar comigo umas semanas depois né. E a Tainá aqui sem intender porque.
Fui lá falar com ele, e ele me contou que minha mãe tinha mexido com a tia dele. E a tia dele encheu o saco dele pelo suposto 'amorzinho ressucitado da infancia', mas que o problema tinha sido eu ter ido fofocar pra minha mãe. Nossa ou, fiquei com TANTA RAIVA da minha mae hahahahahha. Chorei, disse que não contava mais nada pra ela na minha vida, que ela não tinha nada que ter ido fofocar as coisas pra tia dele. Tadinha da minha mãe, ficou toda se sentindo culpada. Engraçado como as coisas mudam enquanto o temo passa =)

-----------------------------
Calma gente, ele não é idiota, a gente voltou a ser amigo, mas era só isso mesmo, e hoje a gente nem é mais amigo assim.  E hoje eu conto a coisas para minha mãe. Claro, só o estritamente necessário.
--------------------------
Droga, era preu ir pra praia esse feriado, mas não quiseram dar folga pro meu pai. Estou louca pro ano acabar. Se ano passado foi péssimo, esse ano foi pelo menos nulo. Mas ano que vem promete.

2 comentários:

o Humberto disse...

Com o perdão do "adketivo" inapropriado pra um blog tão fino, 2010 foi um cu. Ainda bem que tá acabando. Tenho as melhores expectativas pra 2011.

Tainá disse...

Hahahaha, 2010 não foi um cu, mas nada aocnteceu. 2011, se for no Sta Maria, tenho certeza que vai ser memorável. Se não... err..

Bem, não quero nem pensar nessa possibilidade.