22 de abr de 2011

...

Vou deixar minha modéstia (ou o que resta dela) bem de lado. Eu sempre fui uma ótima amiga. Mesmo mesmo.
Teve uma vez que um cara me chamou pra sair, e eu disse não. Aí ele chamou uma amiga minha, e ela que era a fim dele, aceitou. As coisas já tavam meio estranhas entre mim e ela, eu já tinha meio que feito umas pequenas sacanagens com ela ao longo dos anos (ainda que super sem intenção), e sem explicitar nada, o clima acabou ficando meio estranho/falsidade entre a gente. Resumindo, era falta de comuniação. Acontece que ele ficou com ela, e disse que não queria nada sério, e ela ficou meio chateada com isso. Fim.
Depois de um tempo, que eu depois tinha ficado com ele e tudo, não lembro porque fui tirar satisfação com ela de alguma coisa que tinha a ver, e acabamos caindo no assunto, e aí ela me surpreendeu.
'Você só tá falando essas coisas porque ele preferiu a mim e não a você.'
Meu sangue e meu orgulho de leoninca ferveu. Mas vamos falar disso depois.
Minha primeira reação foi: WHERE THE HELL did this come from? Claro que ela é mais tímida, e eu sempre fui cara de pau, que ela sempre foi mais na dela, e eu sempre gostei de aparecer (ahaha, não nego), mas nunca achei que ela sentisse nada disso. Mas aí que fui percebendo uns sinais. Quando a gente lanchava juntas no recreio (outras meninas tambem), a gente conversava, e ela ficava em silencio, só rindo das minhas gracinhas. Ela sempre estudou muito, e eu sempre (COOOF COOOF) passei no 60 sem estudar, que uma vez ela chegou a comentar comigo que tinha 'inveja' (não inveja tipo inveja. vcs entendeream né.).
Mas voltando para a nobreza da minha pessoa, meu orgulho ferveu. Digitei igual uma louca: 'prestenção. pq vc acha que ele te chamou para sair? pq ele tinha me chamado primeiro, mas eu disse não.'
Depois parei e pensei. Realmente, o que eu iria ganhar com isso? Ela iria ficar mais chateada ainda, comigo, com ele, e quem sabe, até consigo mesma. Não to me colocando em papel de santa aqui, até porque não tive culpa se por um lado ela foi ingênua de ter ficado com ele. Mas eu realmente não ia ganhar nada com isso, eu já tinha feito sacanagem, e ela sempre foi boa comigo. E apesar de tudo, eu valorizava a amizade e odeio perder amiga por bobagem.
Apaguei a frase e mudei de assunto.
 Não vou falar que foi dificil, porque não foi. Mas é uma coisa que eu não me imaginaria fazendo por muitas pessoas.

Nenhum comentário: