12 de dez de 2011

two.

-Olha só quem está aqui Jen- disse o Brian, namorado dela, ao mesmo tempo que ouvia o 'tlin' do sino da porta da lanchonete, e apontando com a cabeça. Um outro rapaz estava sentado sozinho. Era Rich, que usava uma jaqueta de couro, fones de ouvido. Apoiava os cotovelos na mesa e tinha os dedos entrelaçados, talvez com anéis demais. Brian deu um sorriso de lado, se sentando na mesa. Jenny se sentou ao lado dele, junto com o resto babaca do time do seu namorado.- Se achando o todo foderosão. Perigoso demais. - e soltou um risinho sarcástico.
-Acho melhor a gente dar o fora cara.-disse um dos jogadores, fingindo estar alarmado.- Ele vai matar a gente com o..... PODER DO METAL  - e colocou o pé no banco, fingindo que tocava uma guitarra. Os outros riram de deboche, se sentando tambem. Jenny revirou os olhos.
-Naaaah Spencer, cão que ladra não morde, - Brian passou o braço em volta dela - Ouvi que gente assim é porque foi rejeitado pela mãe.-falou baixo, e aumentou a voz- Fica andando por aí com pose de quem é fodão mas gosta mesmo é de uns tapas na bundinha. - os colegas do time riram e fizeram imitações. Aos olhos dela pareciam um monte de macacos fazendo gracinhas para agradar o macho-alfa. Na verdade era mais ou menos isso mesmo.- Acho que é isso mesmo,deve ser o que ele curte, nunca vi ele com uma menina, você já meu bem? - e olhou pra ela, reparando que ela estava séria. - O que foi?
-Você tem que ser assim tão idiota? - ela perguntou em voz baixa. Brian abriu a boca, abobalhado, mas antes de responder o sino da lachonete tocou, chamando sua atenção. Abriu um sorriso e imediatamente tirou o braço de trás dela, se levantando.
-Agora senhores, a rainha da nossa noite chegou ! - e foi até a porta. A garota loira, de cabelos um pouco anelados, alta e de saltos ria - ele pegou a mão dela e a fez dar uma rodadinha. Os amigos fingiam que sopravam cornetas, anunciando a chegada. - A seu dispor, majestade - fez um pequena reverência, beijando a mão da garota, que ria. -Saiam da frente, imbecis, a garota vai ficar do meu lado. - os amigos mecheram com ele, mas não deixaram de levar a ordem à sério. Ele se sentou de novo, no meio das duas,e passando o braço por trás delas, sua namorada e a garota recém-chegada -Cervejas por favor ! À Mini, a garota mais gostosa da escola, que está finalmente alcançando a maioridade. - e bebeu. Como é que é? Como ele poderia falar uma coisa dessa com a namorada ali? Tinha perdido a noção de respeito?
-Ora essa, por favor Brian, o que sua namorada Jenny vai achar disso? - a voz de Mini pareceu um pouco sem graça, mas mesmo asism rindo. Talvez ela não fosse tão ruim - pensou Jenny- mas com certeza gostava de uma atenção.Ele pareceu desconcertado, como se tivesse esquecido que sua namorada estava ali.
-Não tem problema, não é gatinha?-chacoalhou de leve os ombros dela com o braço, e em seguida se virou para Mini -  Por favor Mini, só não diga que ela é minha namorada em voz alta - brincou ele. Mas Jenny não estava ouvindo mais. Pensou achado que o rapaz da roupa de couro e dos anéis estava olhando para ela; mas agora ele tinha se levantado e estava saindo. Ela não aguentava mais. Ela aguentava os amigos chatos, aguentava a garota nova, aguentava tudo isso para ouvi-lo tratá-la como lixo na frente de todo mundo? Não fazia sentido.
-É, claro, que seja. - disse ela. -Com licença, preciso de um pouco de ar. - Ela se levantou. Brian agarrou a manga da sua blusa.
-Qual é gatinha! - disse ele indignado se levantando. Mas ela apenas se livrou da mão dele com um movimento brusco sem olhá-lo nos olhos. - Sabe que eu estava só brincando! -mas tarde demais, ela já saía pela porta.
-Não liga cara, depois ela volta. Elas sempre voltam.- E Brian fez uma careta, se sentando de novo e bebendo o resto da cerveja.

Nenhum comentário: