14 de fev de 2012

o Igual e o Diferente

Vey,. se a gente generalizar, dá pra separar os homens em dois grupos: os iguais a você e os opostos à vc. Vamos chamá-los de I e D. Claro, ainda tem os meios-termos, mas pra mim pelo menos eles nunca fizeram muita diferença.
O I é simplesmente um amor ! Ele é o tipo melhor amigo, vocês combinam, gostam das mesmas coisas e tem amigos em comum. Gostam de festas, de sair pros mesmo lugares. Ele sabe de um monte dos seus segredos, e é um delícia ficar do lado dele. O carinho, as risadas, as brincadeiras, tudo se encaixa perfeitamente. Quase nunca brigam e respeitam o espaço um do outro. Tudo felicidade demais e pacífico demais.
O D é um sofrimento! Não vou mentir, é uma relação meio doentia vey... O D tem uma função na sua vida: te enlouquecer !!! Vc não vai saber se ele quer, se ele não quer, se ele tá sendo sincero, se tá mentindo, não tem como ter certeza de nada ! Ele vai bater o pé quando vc gritar 'eu quero !', vai falar que vc está errada quando vc tá certa, e vai te fazer pedir desculpa por erros que ele cometeu ! Ele gosta de ficar em casa, de vigiar sua vida, de invadir o seu espaço e de cuidar de você. Ele te faz muita raiva, muito ódio e vocês vão brigar horrores ! Mas ele vai te mimar tambem. Vai te dar atenção igual ninguém nunca deu, vai te xingar por coisas que ninguem nunca te xingou. Tudo é intenso demais, confuso demais, complicado demais. Muito amor demais. E no fim, cansa. Ninguem consegue viver de guarda alta o tempo todo.

'With you I dont fell butterflies in my stomach. They're more for pterodactiles.'

Nenhum comentário: