22 de jul de 2012

Perdi meu amor na pqp

Há alguns dias vi na internet uma tal de febre sobre uma página chamada 'Perdi meu amor na balada' e eu, fanática por gostar de qualquer coisa que tenha a ver com relacionamento fui olhar. Uma página de um tal de Daniel que dizia ter conhecido numa balada uma menina chama Fernanda e perdido o número dela. Estranhei porque a página já tinha tipo 30 mil likes. Quantas pessoas cabem em uma boate? Com certeza ou a menina já tinha mentido o nome -porque não realmente se interessou nele- ou estava provavelmente se escondendo. Afinal hoje com todo mundo ligado e se stalkeando no facebook seria praticamente impossível que alguem que estivesse na boate e conhecesse a tal Fernanda não tivesse visto o vídeo né.

Enfim, um milhão de meninas falando 'meu deus, você não existe Daniel !', 'se você não achar a Fernanda casa comigo' e etc. Mulheres de todas idades, dos 11 aos 40, nada de novo. Onde elas lêem 'romantismo' eu leio 'maníaco do parque'. Se um cara fizesse um vídeo desse pra mim a primeira coisa que eu faria seria ligar pra polícia e fazer um daqueles pedidos que impedem a pessoa que chegar a X metros de você.

O vídeo chegou ao título de 'viral' e atingiu a marca de 100 mil likes. Algumas pessoas começaram a falar que achavam que a história era uma jogada de marketing, porque o vídeo era de hiper qualidade etc. E acontece que era verdade, era propaganda de um celular da Nokia. O que me choca de verdade é a onda de ódio feminina que aconteceu porque todo mundo descobriu que era propaganda !!!! Oitocentas milhões de mulheres compartilhando mensagens do tipo 'Tava perfeito demais pra ser verdade!' 'Ridicula essa propaganda, descurtir já!' 'Me senti enganada emocionalmente, isso é traição' 'baxissima a propaganda, enganando todo mundo que ainda acredita no amor verdadeiro' etc etc etc e uma choradeira idiota feminina, típica de mulher carente e mal amada na tpm... pqp, eu não nasci pra essas coisas. Eu achei genial ! É incrível como um viral bobo de romantismo barato chega a atingir tantas pessoas assim.  Não sei se a Nokia vai vender a mais (se levarmos em conta o recalque feminino e o precinho de banana de DOIS MIL REAIS que custa o celular), mas com certeza a parte de disseminar a propaganda foi muito bem cumprida.

Aí você pára e fala 'Ai Tainá, mas mesmo assim, acho ridículo uma empresa usar uma propaganda que vende uma ideia falsa e ilude o público só pra vender mais!' Minha filha, É PRA ISSO QUE QUALQUER PROPAGANDA SERVE!!! Ou vc acha que seu cabelo vai ficar maravilhoso que nem o do comercial porque vc trocou de shampoo?? Ou que vai cair mulher do céu só porque você usa AXE? Ou que a sua familia vai virar perfeição por causa da marca da margarina?? Todo mundo é enganado o tempo todo nas propagandas e todo mundo tem consciência disso.E não só nas propagandas, nos filmes tambem ! Te iludem com PS Eu Te Amo e Querido John e todas essas bobagens só para vender !! Igualzinho a Nokia, nem um pouco pior e nem um pouco melhor.  E daí você vê mulheres que se deixam iludir igual menininha de 12 anos e ficam indignadas quando descobrem que não é verdade, ah  pelamor ! Vai pegar seu sapatinho de cristal e morder a maçã e se trancar numa torre por favor ! É muita cabecinha vazia, muito Nicholas Sparks,  muito Crepúsculo pra uma época só, criada e alimentada desde a Capricho até a Nova por todas as faixas etárias.



PS: Certeza certezíssima que entre os zilhões de comentários deve ter um escrito. 'AI TINHA QUE SER NO BRASIL/BRASILEIRO' Meu filho, Brasil é um dos melhores -se não o melhor- do mundo quando o assunto é marketing, não só na imaginação, como tambem na execução. É muita mente de povo colonizado meesmo.

PS 2: Sabe uma propaganda ridícula de verdade? É essa da Open English. RIDICULA !!!  Olha só que coisa chique gente !!! Frequentar curso de inglês presencial é pra gente idiota feia e imbecil que dá vergonha alheia e não aprende porcaria nenhuma, enquanto quem faz inglês pela internet é antenado, descolado, esperto e gato ! Isso sem falar que aprende tudo de inglês com uma americana gostosa ! O máximo isso ! Eu não sei como tem alguém que tem coragem de criar uma empresa que desvaloriza tanto assim uma profissão -e inclusive o profissional nacional- e ainda faz uma propaganda suja e baixa desse jeito. É muita falta de vergonha na cara e covardia. -Aliás, se tem uma coisa que é praticamente FATO do que eu já vi sobre aprender o inglês é que não importa onde, não importa o método, não importa o professor. Importa o interesse do aluno-

Um comentário:

Anônimo disse...

adorei! "Vai pegar seu sapatinho de cristal e morder a maçã e se trancar numa torre por favor !"