31 de ago de 2012

professores de matemática

Tadinha da minha caixinha... acho q já falei tanto de mim e da minha vida aqui que nao tenho mais o que falar...
Mas acho que já comentei sobre professores de matematica aqui né?
Eles me amavam e sempre sofri perseguição deles.
Primeiro foi a Ângela, no Sta Maria, na sétima (olha isso gente) série. Foi o ano que eu me tornei atacada como sou hoje, e é claro eu conversava HORRORES. Eu lembro que o tempo todo durante a matéria ela parava de escrever no quadro, virava, suspirava pra mim (como quem diz 'filha, quando ce vai desconfiar?') e voltava a dar matéria. E ficava PUTA comigo pq eu tirava exatamente média em tudo. Aí ela me deu a primeira recuperação da minha vida. No fim do ano ela conseguiu tirar um ponto e me deixou com 59. Foi a primeira de muitas (no primeiro ano, meu ultimo do Sta Maria eu tomei 10), e ela dava recuperação e tava sempre lá me recebendo com sorriso de vitoriosa e falando 'Tainá, você por aqui?'.
Depois tive o João Lúcio, do colégio cristão. Ele era um EXCELENTE professor. Mas na minha opinião cometia um erro meio grave: não forçava os alunos. Você aprendia a matéria fácil, mas a prova e os exercicios eram ridiculos de fáceis ('aaaah, mas vc achava eles faceis pq ele ensina muito bem', já ouvi a desculpa mtas vezes. aham colega). Lembro que um dia eu estava discutindo com uma menina e eu falei com ela que era impossivel alguem que estudava lá passar em Medicina na UFMG. E ele bicou a conversa e falou 'a gente inclusive tem aluno lá'. Aham, tem. Ele sabe que eu me achava superior lá. No início do ano eu tinha aula de matemática extra pq eu tinha tomado boma no sta maria, e eu fechava todas as provas e ele me perguntou 'pq vc tomou bomba em matematica se suas notas sao tão boas?' Ora essa, o que ele queria que eu respondesse? Fechei o ano com 80. E ele tanto botava fé no colégio cristão que no ano seguinte o Batista Mineiro ofereceu exclusividade e ele aceitou. RISOS.
E por ultimo, no Soma, tive o Renato. Ele mandava a gente fazer exercicio na aula e ficava passando de mesa em mesa pra saber quem que tava fazendo. Acho que ele achava q era meu pai pra cuidar da minha vida, sei lá hahahaha. E ele parava do meu lado e falava 'aaaaaah tainá... quando que a senhorita vai aprender heein' e ficava me chamando atenção do celular/livro pra prestar atenção na aula... aff ! Mas le ficava muito confuso ! Porque as matérias que eu sabia eu tirava total nas provas, ele me chamava lá na frente, me elogiava me amava, etc etc. Ai com as matérias q eu não sabia (a.k.a. logaritmo) eu não fazia um pingo de questão de fazer e entregava a prova só com meu nome e toda em branco ! hahahahaha aí qdo ele achava q eu tava me fudendo por não estudar começava matéria nova e eu fechava de novo ! hhahaha

Nenhum comentário: